Credenciamento de docentes

Norma geral da UFES (Credenciamento e Recredenciamento de Docentes):Os docentes dos Programas de Pós-graduação devem produzir trabalhos científicos e tecnológicos de valor comprovado de acordo com os critérios estabelecidos pelos órgãos internos e externos de acompanhamento e avaliação da Pós-graduação.
Os docentes devem estar cadastrados na Plataforma Lattes do CNPq e devem manter seu Currículo Lattes atualizado, informando sua produção científica e tecnológica no mínimo duas vezes por ano (até 30 de junho e até 31 de dezembro).
Os docentes de Programas de Pós-graduação são classificados em duas categorias: Professores Permanentes e Professores Colaboradores.
Após a criação do Programa de Pós-graduação, a inclusão, o desligamento e a categorização dos professores que fazem parte do corpo docente deverão ser aprovadas pelo Colegiado Acadêmico respectivo.
Os critérios de permanência e categorização dos docentes deverão ser estabelecidos no Regimento Interno de cada Programa, levando em consideração as diretrizes de sua área de avaliação da CAPES.
A categorização dos docentes se dará anualmente.
O ato de solicitação de adesão de um docente a um Programa de Pós-graduação será formalizado pelo preenchimento do Termo de Concordância para “Participação em Curso de Pós-graduação” previsto nos Anexos I e II do Regulamento Geral de Pós-Graduação.

Norma do Programa para o Credenciamento e Recredenciamento de Docentes:

EM REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA EM 16/02/2017, O PPGL/UFES, VISANDO A ADEQUAR-SE ÀS ORIENTAÇÕES DA ÁREA QUANTO AO PERCENTUAL DE PROFESSORES PERMANENTES E COLABORADORES, DECIDIU SUSPENDER, POR TEMPO INDETERMINADO, O PROCESSO DE CREDENCIAMENTO DE PROFESSORES COLABORADORES, ACOLHENDO PARA APRECIAÇÃO SOMENTE PEDIDOS DE CREDENCIAMENTO DE PROFESSORES QUE ATENDAM A TODOS OS REQUISITOS EXIGIDOS DOS DOCENTES PERMANENTES INCLUINDO A ESPECIFICAÇÃO DE QUE SEJAM PROFESSORES COM DEDICAÇÃO EXCLUSIVA À UFES. TÃO LOGO SEJA POSSÍVEL, ABRIREMOS NOVAMENTE POSSIBILIDADE DE CREDENCIAMENTO DE DOCENTES COLABORADORES E DE DOCENTES PERMANENTES SEM DEDICAÇÃO EXCLUSIVA À UFES.

** Normas e critérios para credenciamento e recredenciamento de docentes junto ao Programa de Pós-Graduação em Letras (PPGL) da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes)**

I. Do credenciamento

1º Os docentes interessados em se credenciarem junto ao Programa de Pós-Graduação em Letras (PPGL) da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) deverão expor carta de apresentação em que indiquem sua formação e titulação, sua área de pesquisa, bem como a sua proposta de vinculação a uma das linhas de pesquisa existentes no PPGL. Além disso, devem anexar à solicitação de credenciamento cópia do Currículo Lattes. A Comissão verificará no Currículo Lattes do docente se ele atende aos seguintes requisitos:
a) ser portador do título de Doutor há, pelo menos, dois anos;
b) integrar pelo menos 2 grupos de pesquisa cadastrados no CNPq, com área afim à de Estudos Literários;
c) estar vinculado a um ou mais projetos de pesquisa, coordenando, pelo menos, um;
d) apresentar, no mínimo, 8 (seis) itens da Produção 1 (abaixo especificada) nos últimos quatro anos.

2º O docente, cuja proposta for considerada compatível com as linhas do Programa pelo Colegiado do PPGL e atender aos critérios acima, será credenciado no corpo docente do Programa. A solicitação de credenciamento será sempre para professor permanente, cabendo exclusivamente ao Colegiado indicar que um docente seja credenciado como colaborador. Só poderão ser credenciados como colaboradores os docentes que : a) tiverem vínculo empregatício com outra instituição de ensino superior; b) morem fora do Espírito Santo; c) forem aposentados da Ufes; ou d) forem pós-doutorandos vinculados ao PPGL.

3º Entende-se por publicação relevante a Produção 1 da Capes, indicada no Documento de área 2013: Produção 1: livro; organização de livro; capítulo de livro; organização de número temático ou de dossiê de periódico; editoria de periódicos científicos; artigo e resenha em periódico nacional ou estrangeiro com arbitragem de pares, classificados entre A1 e B2; trabalho completo em anais de congressos internacionais publicados no exterior ou no Brasil, no caso eventos internacionais itinerantes, com arbitragem de pares; tradução de livro ou de capítulo de livro e artigo científico; livros didáticos destinados ao ensino fundamental, médio e superior; prefácio e verbetes descritivos que se configurem como ensaio. A produção em periódicos será avaliada conforme o Qualis da área de Letras & Linguística.

II. Do recredenciamento

4º Ao final de cada ano letivo, serão recredenciados o docente permanente que atender a todos os critérios abaixo especificados e o docente colaborador que atender a no mínimo cinco dos critérios abaixo especificados:
a) integrar pelo menos 2 grupos de pesquisa cadastrados no CNPq, com área afim à de Estudos Literários;
b) estar vinculado a um ou mais projetos de pesquisa, coordenando, pelo menos, um;
c) apresentar, no mínimo, 8 (oito) itens da Produção 1 nos últimos quatro anos;
d) ter orientado ou estar orientando pelo menos três alunos de Iniciação Científica ou monografia ou trabalho de conclusão de curso nos últimos três anos;
e) ter orientado ou estar orientando duas dissertações ou teses nos últimos três anos;
f) ter ministrado uma disciplina no PPGL, pelo menos, a cada três semestres letivos;
g) manter atualizado, semestralmente, o currículo Lattes.

5º O professor que não cumprir essas exigências, sem justificativa aceita pelo Colegiado, não terá o seu recredenciamento aprovado.
Observação: um novo Credenciamento pode ser solicitado a qualquer momento ao Colegiado, que então deverá constituir uma Comissão para a emissão de parecer, que será encaminhado ao Colegiado, para deliberação final.

Documento aprovado em 13 de novembro de 2015

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910